Pesquisar este blog

segunda-feira, 16 de maio de 2016

O marquês de Sade e Amoris laetitia



Percorrendo os blogs conservadores bergoglianos, não é difícil perceber que os intrépidos defensores do rotariano argentino estão encontrando sérios problemas na interpretação em chave continuísta da exortação antiapostólica Amoris laetitia. Coincidentemente, um amigo meu que vem há tempos tentando interpretar as obras do marquês de Sade também em continuidade com o magistério da Igreja confessou-me que se tem deparado com os mesmos problemas.

2 comentários:

  1. É como tentar misturar azeite com água, simplesmente não dá.

    ResponderExcluir
  2. "A Alegria da Safadeza",verdadeiro no
    me da infame "amoris laetitia"...é um
    "roteiro"...para os tolos,que desejarem viver a eterna..."DESGRATIA LAETITIA"!!!!
    Com certeza.

    ResponderExcluir