Pesquisar este blog

segunda-feira, 18 de abril de 2016

Para o antipapa, desobedecer a Cristo e permitir o sacrilégio não tem a mínima importância



Numa demonstração inequívoca de seu desprezo pela fé católica, o antipapa, em mais uma de suas catastróficas entrevistas aeronáuticas, deixou claro que não dá a mínima importância ao fato de ter destruído o dogma católico, ao desobedecer frontalmente a uma ordem de Nosso Senhor Jesus Cristo acerca do divórcio.

Para ele, como não se cansou de martelar repetidas vezes, a partir de 19:00, o importante é o desemprego dos jovens ou a baixa natalidade dos europeus. Permitir ou não a comunhão aos adúlteros é uma questão secundária.

Ou seja, a desobediência a Cristo, a disciplina dos sacramentos, a sacramentalização do adultério, o desafio ao ensinamento bimilenar da Igreja são coisa secundária.

Além de ousar cometer tudo isso, sem o mínimo pudor, o antipapa rotariano tem a cara de pau de declarar que isso não tem nenhuma importância.

Maior demonstração de desprezo à Fé, à Tradição, aos sacramentos, à moral, impossível.

A boçalidade é realmente infinita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário