Pesquisar este blog

domingo, 11 de outubro de 2015

Seria o antipapa realmente modernista?


Interessantes considerações críticas de um leitor anônimo de Benoît et moi (aqui) acerca de um recente artigo de Alessandro Gnocchi que ataca o "modernismo 3.0" do antipapa (aqui no original italiano ou aqui na tradução francesa) com as armas da encíclica Pascendi de São Pio X.

O autor do artigo nota com muita acuidade que há  contrassenso em assimilar o lixo doutrinal bergogliano ao modernismo que servia de alvo à encíclica Pascendi. Tal modernismo, a "heresia das heresias" segundo Pio X, definia-se pelo intelectualismo e pelo racionalismo, ao passo que o antipontificado bergogliano se caracteriza pelo fideísmo, pela incoerência e pelo ódio a tudo o que mesmo remotamente faça lembrar a inteligência.

Neste sentido, Bergoglio está nos antípodas de um Loisy ou mesmo de um Teilhard ou de um de Lubac.

Berggy está muito mais para Chacrinha que para Ernest Renan.

Não é preciso ser muito perspicaz para reparar que uma Igreja que tem como chefe Bergoglio e no primeiro escalão nulidades como Maradiaga e e o elegante Braz de Elvis não pode ser acusada de intelectualismo e racionalismo.

Já denunciamos várias vezes neste blog a preguiça intelectual que consiste em dilatar indefinidamente o conceito de modernismo para cobrir tudo o que de herético e grotesco se vem passando na Igreja nos últimos cem anos.

Isso é apagar todas as luzes e confundir tudo com tudo, justamente num momento de crise extrema, em que se faz necessária a máxima claridade. Como dizia o velho Aristóteles, e com ele o Doutor Angélico, só se desatam os nós que se veem.



4 comentários:

  1. Je suis d'accord avec SAINT PIE X....et avec le
    Monsieur GNOCHI...et je dis aussi que Ber-GOG
    -lio est un LOUP...que s'habille toujours en
    un agneau ... pour se faire "ami" du troupeau,
    et pour emmener les béliers et les brébis aux..
    mauvais chemins...!! Bien sûr! Dommage.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Marie, Lógico que o Pio X estava certo em seu ataque ao modernismo. A questão é outra: se Bergoglio se encaixa na categoria "modernismo" ou não. O carinha de Benoît et moi diz que não, eu concordo com ele. Você que lê francês, leia alguma coisa de Alfred Loisy, o modernista paradigmático, e compare com Bergoglio. Não tem nada a ver. Berggy está muito abaixo do modernismo.

      Excluir
  2. Louis!Bonjour!! Je ne sais bien parler l'Italien...
    j'ai fait une bêtise....j'ai essayé de lire le texte en..
    Italien...he..hi..he..!!
    Mais c'est vrai...j'étude l'Italien...mais je suis dans la
    classe d'initiation...!!!

    Je lirais l'auteur que tu m'a indiqué.Merci bien!

    Mais...je t'assure...à mon avis..M.Ber-GOG-lio est
    tout de mauvais....c'est à dire...le pire...!!!!
    IL est un ..LOUP.....FAUX..TRUQUÉ..GUGUSSE....
    MODERNISTE....COMUNISTE...HÉRÉTIQUE....
    .BLASPHÉMATEUR.... VÉREUX...DÉSOBÉISSANT....
    MÉCHANT...TRAÎTRE....LOUP...!!!!etc..etc..!

    Je vais lire ,de nouveau le texte de M.GNOCHI...mais
    de cette façon....en FRANÇAIS!!...he..hi.he..hi..!!
    Merci bien! Grazie mille!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Marie, o autor que eu te recomendei é o Alfred Loisy, o mais típico dos modernistas condenado por São Pio X. Há vários livros dele disponíveis na internet, por exemplo este: http://gallica.bnf.fr/ark:/12148/bpt6k6553985x
    A ideia é que há muito pouco em comum entre, de um lado, Loisy e, de outro, Bergoglio, Elvis ou Maradiaga, e que não adianta atacar o antipapa com as mesmas armas usadas contra o Loisy. :)

    ResponderExcluir