Pesquisar este blog

quinta-feira, 16 de abril de 2015

Bergoglio e a castidade



Na sua audiência geral de ontem, o antipapa Bergoglio tratou do tema da sexualidade humana.

E, surprise!, não falou nenhuma vez da castidade, essa velharia criptolefebvriana abolida definitivamente pela misericórdia peronista.

Pelo contrário, declarou que, sem a relação homem-mulher, "os dois sequer podem entender a fundo o que significa ser homem e mulher."

A pergunta que não quer calar: e como fica o celibato sacerdotal e a virgindade consagrada?

Nenhum comentário:

Postar um comentário