Pesquisar este blog

terça-feira, 31 de março de 2015

O tempo passa, e a heresia continua sem desmentido



Incluí na parte de baixo desta página um cronômetro que lembra aos visitantes quanto tempo já se passou desde que Jorge Bergoglio proclamou urbi et orbi, por um dos maiores jornais europeus, duas heresias patentes - a negação da imortalidade da alma e da existência do inferno - sem que, embora instado publicamente por vários blogs da internet, nada tenha sido explicado e muito menos negado pelo Vaticano. Este silêncio transforma a heresia material da reportagem de Scalfari em heresia formal.

Vale lembrar que em toda a história da Igreja nunca, em momento algum, um papa afirmou publicamente uma heresia. A hipótese de que tal pudesse acontecer foi mesmo descartada por bom número de teólogos. Joseph de Maistre chegou a chamar de ridícula e perversa a suposição de tal possibilidade.

Por outro lado, a história da Igreja está repleta de antipapas, picaretas que durante algum tempo pareceram ocupar a cátedra de Pedro, para serem em seguida desmascarados.

Bergoglio é mais um deles. E, sem dúvida, não o mais brilhante.

Um comentário:

  1. Desde 13.03.13 vi q.BERGOGLIO era.."esquisito"!!Quando soube(li!) q.BERGOGLIO desmentiu 3 vezes,o MILAGRE DA MULTIPLICACAO DE PAES E PEIXES,na Radio Vaticano,em Agosto/13,chamando Jesus de "mago", caso o tivesse feito...ali,certifiquei-me de q.BERGOGLIO é HEREGE e falso Papa...pois um PAPA verdadeiro....jamais diria tal HERESIA!! Depois...minhas desconfianças,tornaram-se...CERTEZAS! Infelizmente!!

    ResponderExcluir