Pesquisar este blog

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Governo francês proíbe filme católico. E a liberdade de expressão??



Depois do carnaval midiático do "Je suis Charlie" e da luta pela "liberdade de expressão" na França, a realidade: a França é uma tirania anticristã, cuja última preocupação é a liberdade de pensamento.

Prova (uma entre mil): o Ministério do Interior proibiu a exibição do filme L'Apôtre, da cineasta católica Cheyenne-Marie Carron. O filme conta a história da conversão de um muçulmano ao catolicismo (aqui).

Ou seja, na França é permitido levar crianças para ver filmes de zoofilia, mas o adulto francês não pode ver a conversão de um imã ao catolicismo.

A França é realmente Charlie.

No vídeo acima, a diretora fala do filme e do boicote sistemático de que é alvo pelo governo maçônico francês.



Governo esse que, escusado é dizer, mantém excelentes relações com Jorge Bergoglio, como prova a foto acima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário