Pesquisar este blog

sábado, 8 de novembro de 2014

Enjoo generalizado na tripulação da nau de Pedro


Disse recentemente o cardeal Burke que boa parte da tripulação da barca de Pedro anda enjoada pelo balanço das ondas, chegando a suspeitar seriamente de que não haja ninguém ao leme.

Levando em conta a advertência daquele que o papa Bento XVI chamou há pouco de grande cardeal, desaconselhamos vivamente aos estômagos fracos a leitura da homilia que o velho Berggy pronunciou dias atrás em Santa Marta sobre os cristãos mundanos (aqui). E mesmo aos felizardos que dispõem de um estômago heroico, recomendamos que  providenciem alguns pares de saquinhos de papel, daqueles distribuídos nos aviões, antes de se aventurarem em tão perigosa leitura.

No sermão, Berggy, o Deprimente, fustiga duramente os cristãos pagãos, que procuram jogar água na doutrina da Igreja, entregues às vaidades e exigências do mundo. Ou seja, um excelente autorretrato do autoproclamado bispo de Roma cercado de seus mais íntimos amiguinhos.

Como cereja do bolo, Berggy recomenda aos cristãos serem "firmes no Senhor e no exemplo da Cruz de Cristo, com humildade, pobreza, docilidade, serviço aos outros, adoração e oração."

Qualquer semelhança com o programa dos Franciscanos da Imaculada, destroçados pelas elegantes perucas de Dom Braz de Elvis a pedido  do próprio Deprimente, é mera coincidência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário