Pesquisar este blog

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Sínodo contra a família: Apoteose gay e batalha campal no Vaticano

Lido o relatório que resume a posição oficial dos berggyboys acerca dos assuntos discutidos na primeira semana do sínodo contra a família, onde entre outras pérolas aparece uma entusiástica apologia do homossexualismo, estourou uma verdadeira batalha campal entre os bispos.

É o que informa Sandro Magister, o mais autorizado vaticanista italiano (aqui).

Parece que ainda há gente com vergonha na cara no Vaticano. Espero que não seja só impressão.

De qualquer forma, o cisma é certo. Na verdade, já ocorreu durante o golpe de Estado que derrubou Bento XVI.

Desconfio até que esse cisma seja central para os planos de Jorge Bergoglio para destruir a Igreja. Quer ter inimigos à direita, sobre os quais possa canalizar toda a fúria anticatólica que reina em Sodoma.


Nenhum comentário:

Postar um comentário