Pesquisar este blog

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Burning Man, a religião orgiástica da nova supermaçonaria


Artigo de leitura obrigatória de Massimo Introvigne sobre Burning Man, gigantescas orgias de drogas e sexo que acontecem todos os anos no deserto de Nevada, reunindo 50 mil pessoas.

A última edição, ocorrida ontem, teve a presença dos donos do Google, do Facebook e da Amazon, entre outros igualmente poderosos mas mais discretos, que não desejam revelar o nome. Ou seja, a nova supermaçonaria mundialista que controla as informações de todas as pessoas, inclusive as minhas e as suas, leitor incauto.

Sexo (principalmente sodomia, sem excluir a pedofilia) e drogas pesadas à vontade, tudo envolto numa embalagem de misticismo e new age.

Tudo é permitido. Ou seja, satanismo em estado cristalino.Os suicídios e e os atos de violência abundam, embora pese sobre eles o espesso véu de silêncio sustentado pelos senhores da informação na internet - e fora dela.

A cada ano é erigido um templo a uma religião diferente, também destinado às chamas, que dá o tom místico durante um ano. Um deus/demônio anual, logo descartado para dar lugar a um novo produto e novas vendas.

Eis o verdadeiro poder. Dilma, Obama, Hollande só administram as migalhas..

Abaixo, um vídeo que dá uma ideia da coisa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário