Pesquisar este blog

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Bergoglio e Netuno


No discurso final do Sínodo e na homilia da missa de "beatificação" de Paulo VI, o antipapa Bergoglio critica os católicos por se oporem ao deus das surpresas e das novidades.

Mas quem seria esse tal deus, desconhecido da Igreja?

A julgar pela natureza das "novidades" implantadas por nosso querido Berggy, o tal deus só pode ser um: Netuno, o deus romano das águas.

Pois todas as criativas, originais, surpreendentes e geniais reformas bergoglianas se reduzem a jogar mais água na doutrina da Fé católica. Água, mais água e mais água! De preferência morna e adocicada.

Ave, Neptune!

Nenhum comentário:

Postar um comentário