Pesquisar este blog

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

São Bernardo e a natureza do papado


"O Papa é o afirmador da verdade, o defensor da fé, o guia dos cristãos, o ordenador da Igreja, o pastor dos povos, o pai dos reis, o martelo dos tiranos, o sal da terra e a luz do mundo." (São Bernardo de Claraval)

Pergunto se alguém  que não sofra de esquizofrenia de elevada gravidade possa pensar a sério que tal definição seja adequada a Jorge Bergoglio.

Um comentário:

  1. Leonardo Santana de Oliveira.9 de agosto de 2014 21:39

    "Pergunto se alguém que não sofra de esquizofrenia de elevada gravidade possa pensar a sério que tal definição seja adequada a Jorge Bergoglio."

    “Eis que o inimigo antigo e homicida se ergueu com
    veemência, transfigurado em anjo de luz (…) Ali,
    onde está constituída a Sede do beatíssimo Pedro
    e Cátedra da Verdade para iluminar os povos,aí
    colocaram o trono de abominação da sua impiedade,
    para que, ferido o Pastor, se dispersassem as ovelhas”
    (Ritual do Exorcismo publicado por Leão XIII).


    Dignare me pugnare pro Te, Virgo Sacrata. Et da mihi virtutem contra hostes tuos.
    Leonardo Santana de Oliveira,o sedevacantista inquisidor.

    ResponderExcluir