Pesquisar este blog

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Líderes evangélicos apoiam massacre de crianças em Gaza


É o que se pode ler aqui.
A ideia é que  quem critica o governo de Israel critica Jesus. A que ponto chegamos.
Ou seja, juntando as pontas: devemos fazer como os novos amigos pentecostais de Bergoglio e beijar as mãos dos generais israelenses. Em nome do sr. Jesus. É só tomar cuidado para não engasgar com o sangue das crianças mortas.

PS: Uma lista parcial dos mortos palestinos sob os mísseis israelenses desde o começo de julho pode ser encontrada aqui. São 1459 nomes, entre os quais os de 430 crianças, 243 mulheres e 79 velhinhos. Hoje o número real de vítimas já é de 1879 e subindo. Mais um pouco e o record de Herodes, de 500 criancinhas, será ultrapassado.

Pedimos ao visitante uma Ave Maria por essas crianças inocentes.

Kyrie eleison, Christe eleison, Kyrie eleison.

Um comentário:

  1. Por uma Palestina livre e independente já!
    Eu sou Católica Apostólica Romana e apoio o Povo Palestino que tem sido humilhado, invadido, ocupado, torturado, massacrado desde o ano de 1948 quando da criação do Estado de Israel pelos sionistas. Não confundir JUDAÍSMO com SIONISMO por serem distintamente opostos.

    ResponderExcluir