Pesquisar este blog

domingo, 13 de abril de 2014

Bergoglio prepara-se para festejar os 500 anos do cisma luterano

 Bergoglio recebe o dr. Nikolaus Schneider para cuidar
 dos preparativos para as comemorações dos 500 anos do cisma luterano

Vai ser uma grande festa!

Daqui a 3 anos. em 2017, vão completar-se 500 anos desde que Martinho Lutero pregou as suas famosas 95 teses na porta da igreja de Wittenberg, dando início ao cisma protestante, que iria mutilar o Corpo Místico de Cristo, levar a heresia a centenas de milhões de pessoas e causar dezenas de milhões de mortes nas guerras que se seguiram.

Isso porque, entre outras pérolas teológicas e espirituais, Lutero considerava o papado de Roma uma instituição diabólica.

Ao que parece, esta também é a opinião de Jorge Bergoglio, ex-bispo de Buenos Aires, que vem empenhando-se com afinco e esmero na demolição de tão vil instituição.

Por isso está preparando uma megafesta para comemorar tão magnífico evento. Ver aqui, em News.va e também aqui.

Pergunta: por que um papa da Igreja Católica iria comemorar aquela que foi a causa da mais traumática divisão da cristandade, com consequências medonhas para a Fé de centenas de milhões de pessoas?

Resposta: a rendição da Igreja Católica ao protestantismo. O tratado onde essa rendição foi firmada pode ser lido no documento "Do Conflito à Comunhão", publicado no site oficial do Vaticano.



Com o atual primado do luteranismo no Vaticano, já desponta um forte candidato para a sucessão de Francisco: a bispa luterana de Estocolmo, Eva Brunne, lésbica, que pode ser vista(o) na foto acima com seu marido (esposa), Gunilla Lindén. Segundo a Wikipedia, o casamento foi em 2001, mas o casal tem um filho nascido em 2006, em circunstâncias, ao que tudo indica, claramente milagrosas, dignas de uma papisa.

Mais um motivo para comemoração!

Eva Brunne santo(a) subito!




Um comentário:

  1. Ótimo post!!!
    Um bom Domingo de Ramos!
    http://botefeamor.blogspot.com.br/
    Abraços Fraternos

    ResponderExcluir