Pesquisar este blog

domingo, 27 de abril de 2014

Bergoglio, a porta da rua e a porta estreita


Com a escandalosa canonização de JP2, com a revogação do sexto mandamento por telefone,com a oficialização do lobby gay no poder vaticano, com a intervenção nos FFI, Bergoglio aponta, num gesto inequívoco, a porta da rua aos católicos fiéis aos ensinamentos de Cristo à sua Igreja.

Para nós, isso não é nenhuma novidade.

Há dois mil anos, Jesus nos apontou a mesma porta, e avisou que seria estreita.

O mal sempre julga vencer a Deus com sua "criatividade" e prepotência e, no entanto, sempre acaba fazendo a Sua vontade. Foi assim na Cruz, é assim agora.


Nenhum comentário:

Postar um comentário