Pesquisar este blog

terça-feira, 15 de abril de 2014

Bergoglio aprova o fim do celibato sacerdotal


É o que revelou à imprensa Dom Erwin Krautler, bispo de Xingu, em entrevista cuja tradução  inglesa em The Tablet pode ser lida aqui.

Quanto às ordenações de homens (e mulheres?) casados(as?), a decisão sobre cada caso individual caberia ao bispo(a?), em conjunto com as conferências episcopais de cada país.

Não há mais dúvida possível: o ódio bergogliano à Igreja não vai poupar nada, até alcançar a almejada terra arrasada.

8 comentários:

  1. Luís Luiz
    muita maconha nas idéias, hein...

    ResponderExcluir
  2. Não, obrigado. Não fumo. E aconselho você a fazer o mesmo antes que seja tarde demais.

    ResponderExcluir
  3. Se isso é verdade, por favor, poste um dado confiável sobre o suposto fato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ué, o link para a entrevista do bispo de Xingu não está funcionando? Está tudo lá. Se você preferir uma tradução da tradução inglesa para o português, pode usar este link: http://fratresinunum.com/2014/04/12/ainda-o-encontro-de-francisco-com-dom-erwin-krautler-o-caso-dos-viri-probati/

      Excluir
  4. Não vejo sentido em agredir o mensageiro. É a mensagem que deveria ter alguma importância, mas, enfim.
    Luís, como sua notícia anterior me autoriza, eu acredito que ainda vai piorar um pouco, mas que irá melhorar. Sobre de que forma irá melhorar, todavia, não arrisco palpite. Exercício que vejo o amigo praticando com frequência, mas não julgo, apenas observo, pois sua coleta dos fatos e encadeamento deles me é muito útil e agradável.
    Abraço com admiração, N.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até Bergoglio, ainda havia alguma dúvida sobre o que estava acontecendo. Como dizia, se não me engano, Romano Amerio, se no século XV havia uma Igreja e dois papas, depois do CV2 havia um papa e duas igrejas. Agora pelo menos as coisas estão claras. Abraço.

      Excluir
  5. Então, caso seja verdade, temos de respeitar a decisão, eu porém quero ser Padre Celibatario sim, com a força, graça e vontade do Senhor Deus. É preciso, muito cuidado com a internet, se veícula muita bobeira as vezes.

    ResponderExcluir