Pesquisar este blog

domingo, 30 de março de 2014

Bergoglismo ante litteram: stars e carmelitas


Leio nos Diários de Julien Green de 1964:

18 de julho: Num artigo do cônego Vancourt sobre os problemas intelectuais do catolicismo na França, publicado em La France catholique de 17 de julho, noto esta frase: "Um padre, mostrando a garotinhas por ele catequizadas umas fotos de estrelas de cinema e de carmelitas, explicava-lhes que as primeiras contribuíam mais para o advento do belo e do bem do que as segundas, perdidas numa contemplação estéril." Achei que tinha lido mal. Fico pensando se não é preciso enviar missões para converter parte do clero. Talvez os leigos os seguissem.

(OC, V, 352)

Instantâneo da situação espiritual do clero francês durante o "Pentecostes" do Vaticano II e também das origens da espiritualidade hollywoodiana de Jorge "Vanity Fair" Bergoglio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário