Pesquisar este blog

terça-feira, 18 de março de 2014

Bergoglio decreta o Dia da Confissão: arrependei-vos, tradicionalistas!


Dando sequência à política do "chuta e assopra" que caracteriza o seu pontificado, Jorge Bergoglio decretou que o dia 28 de março será o dia da Confissão. As igrejas devem ficar abertas por 24 horas, para atender os fiéis.

Trata-se provavelmente de uma resposta do governo do Vaticano às estatísticas que mostram que o número de confissões, já ridiculamente pequeno antes, caiu ainda mais depois do início do pontificado de Bergoglio. O que não chega a ser exatamente uma surpresa. Se todos vão ser salvos mesmo, para que se confessar?

Ledo engano. Nem todos serão salvos. Os católicos fiéis à Tradição da Igreja irão todos para o inferno, o mesmo acontecendo com os homofóbicos e os que criticam a maçonaria ou o Concílio Vaticano II.

Portanto, se você cometeu algum ato hediondo, como assistir a uma Missa tridentina, se acredita que a Igreja tenha dogmas definitivos ou se você se opõe ao lobby gay no Vaticano, corra para o confessionário. Você certamente está possuído pelo demônio do neopelagianismo. Sua alma está em perigo.

Arrependa-se imediatamente e filie-se à loja maçônica ou centro de umbanda mais próximo. E saravá!



Nenhum comentário:

Postar um comentário