Pesquisar este blog

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Foi válida a renúncia de Bento XVI? Ou inválida por ter sido feita sob chantagem?


Foi dada a partida.

Um artigo de Antonio Socci no jornal italiano Libero no dia 12 passado, com o transparente título de A Renúncia de Bento XVI talvez não seja canonicamente válida, explodiu como uma bomba nos meios católicos da Itália. Nela esse católico não tradicionalista, ligado a CL  e até devoto de Medjugorje, dá suas razões para duvidar da renúncia de Bento XVI, alegando principalmente que ela não teria sido feita em condições de plena liberdade, como exige o direito canônico.

Leitura obrigatória.

Esta questão, inevitável dadas as circunstâncias nebulosas que rodearam a demissão e, sobretudo, o comportamento e as palavras daquele que se autodenomina Bispo de Roma, deve dominar o debate religioso na Igreja Católica nos próximos (longos) tempos.

Vale a pena ler também os posts, seguidos de discussão, nestes dois importantes  blogs tradicionais italianos, com participação também de Yours Truly, que já havia levantado esta  bola tempos atrás. São eles: Chiesa e post concilio e Opportune importune, do magnífico Cesare Baronio.

Kyrie eleison, Christe eleison, Kyrie eleison.

Nenhum comentário:

Postar um comentário