Pesquisar este blog

sábado, 21 de dezembro de 2013

Os verdadeiros marginalizados


Artigo duro, mas pertinente, no blog italiano Opportune Importune, acerca dos soi-disant marginalizados convidados por Francisco para o seu aniversário. Há tradução francesa em Benoît et Moi.

Eis uma amostra:

À mesa do Bispo de Roma, se queriam mesmo convidar os deserdados de verdade, daqueles que são desprezados por todos e dos quais as pessoas de bem se mantêm distantes, podiam convidar sacerdotes tradicionalistas, marginalizados pelos próprios confrades, caluniados por seu Bispo, ostracizados pela Hierarquia. Quem sabe alguns sacerdotes da Fraternidade São Pio X, que vivem sem prebenda e graças à caridade dos poucos fiéis; ou também algum Frade da Imaculada, daqueles que as delações e as mentiras reduziram ao silêncio imposto pela Autoridade, porém tão compreensiva com religiosos, Prelados e Cardeais abertamente heréticos e rebeldes. Podiam convidar o professor de religião cuja cátedra lhe foi retirada pela Cúria porque não é modernista (...). E no entanto são justamente eles os novos samaritanos, de quem se mantêm distantes os que se consideram puros e observantes da Lei, quer mosaica, que conciliar. São estes novos publicanos, hoje como nos tempos de Nosso Senhor, aqueles que o Verbo Encarnado quis frequentar, visitando suas casas, para demonstrar o quanto odiava a hipocrisia farisaica então e a modernista hoje.

Nenhum comentário:

Postar um comentário