Pesquisar este blog

terça-feira, 31 de dezembro de 2013

O conferencista e o operador de som


Um conferencista dá uma palestra num grande auditório. Para falar a tanta gente, precisa de um microfone, de um sistema de som e de alto-falantes. Acontece que o operador de som é inimigo do conferencista, discorda radicalmente dele em muitos pontos cruciais e, por isso, quando o conferencista fala algo que lhe desagrada, ele corta o som, e ninguém ouve nada.
O público, confuso com tantos silêncios e cansado de só ouvir sempre as mesmas banalidades, vai deixando o auditório.
Desanimado e impotente, o conferencista resolve mudar de estratégia.
Busca fazer amizade com o operador, deixa de falar sobre determinados assuntos controversos, expulsa do auditório os simpatizantes das causas que o operador mais abomina.
Os dois ficam grandes amigos, trocam abraços e beijos, mas, quando olham para a plateia, não veem mais ninguém.
Um olha para o outro e riem: o que estamos fazendo aqui?
Resolvem sair pelas ruas. Lá fora, a multidão é grande, mas dá com prazer passagem a tão alegre par.
Nuvens negras cobrem o céu sobre suas cabeças, porém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário