Pesquisar este blog

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Franciscanos da Imaculada e a hermenêutica do Concílio Vaticano II

Agradeço do fundo do coração ao nosso felliniano cardeal Braz de Aviz por ter-me chamado a atenção para os Franciscanos da Imaculada. Sem a sua intervenção punitiva contra estes piedosíssimos discípulos do Poverello, possivelmente jamais teria ouvido falar nessa congregação exemplar, raio de luz em meio às trevas pós-conciliares em que rastejamos.

Tentando entender essa intervenção absolutamente estapafúrdia, numa de minhas navegações topei com uma série de vídeos publicados no canal do pe. Lanzetta no Youtube. Esses vídeos mostram diversas alocuções pronunciadas no âmbito de um simpósio patrocinado pela congregação franciscana a respeito do caráter pastoral do Vaticano II.

Trata-se de um tesouro.

Seleciono aqui algumas intervenções que me pareceram particularmente brilhantes: a do pe. Gherardini, grande teólogo, acerca do conceito de pastoralidade no concílio; a de Dom Athanasius Schneider sobre o culto de Deus como fundamento da teologia pastoral; a do prof De Mattei sobre a história do concílio; e a do teólogo Florian Kolfhaus sobre a natureza do ensinamento conciliar.

Outros vídeos relativos ao mesmo simpósio, ocorrido em Roma, em 2010 podem ser encontrados no citado canal do pe. Lanzetta.

Enjoy.



Brunero Gherardini . O texto original pode ser lido aqui.



Dom Athanasius Schneider. Texto original, aqui.



Roberto De Mattei. Texto original, aqui.



Florian Kolfhaus. Texto original aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário