Pesquisar este blog

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

450 anos do glorioso Concílio de Trento


Comemoraram-se este domingo os 450 anos do encerramento do glorioso Concílio de Trento, muito discretamente, como era de esperar nas trevas em meios às quais vivemos hoje os sodomenses.

E no entanto, o que ainda segura a Igreja neste terremoto que já dura mais de cinquenta anos são as sólidas fundações infalíveis proclamadas com coragem pelos padres conciliares. Daqueles cânones tão ascéticos em sua concisão, jorraram rios de santidade que fizeram a vida da Igreja durante quatro séculos, para maior Glória de Deus.

E mesmo em nosso tristes tempos, em que o massacre de Cristo na Cruz é comemorado com tanta alegria e jovialidade em nossas missas, se há 450 anos do Trentino não tivessem vindo diretrizes tão claras e sólidas para a nossa Fé e a de todos os tempos, tudo já teria ruído.

Nestes difíceis tempos pós-ratzingerianos, oremos ao Espírito Santo para que a luz de sua Graça, que tão viva brilhou nas sessões tridentinas, não se apague definitivamente em nossa Igreja, por mais que se esforcem alguns.


Nenhum comentário:

Postar um comentário