Pesquisar este blog

domingo, 28 de abril de 2013

O inferno ontológico


Quando Heráclito dizia que tudo é fogo, queria dizer que tudo é processo, nada é fixo, nada é.
Por outro lado, sabemos que o inferno é feito de fogo.
Se a vida eterna é a recompensa dos santos junto ao Eterno Ser de Deus, será o tempo infinito, o devir sem fim, a ausência definitiva de ser o castigo dos reprovados?
Um castigo ontológico, um fogo ontológico, uma dor ontológica? E uma dor sensível, pois que o sensível é o próprio do tempo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário