Pesquisar este blog

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Departamento de Estado americano classifica a Igreja Católica e evangélicos como grupos extremistas


Em material didático usado pelo Departamento de Estado americano, a Igreja Católica e os evangélicos são classificados como grupos extremistas e ameaças à segurança dos EUA, ao lado da Al Qaeda. É o que revela esta reportagem do Washington Times (em inglês).

Após o tsunami de anticristianismo chapa-branca que varreu a Rússia e os países do Leste europeu a partir de 1917 - e que, aliás, não deu muito certo, dada a saúde espiritual de boa parte do povo russo hoje em dia - parece estar chegando a hora do mártirio para os cristãos dos Estados Unidos.

Na foto, o cardeal húngaro Midszenty, durante seu julgamento-farsa pelos comunistas em 1949, durante o qual foi barbaramente torturado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário