Pesquisar este blog

terça-feira, 2 de abril de 2013

Apoio ao pastor Feliciano no combate à ditadura gay


Embora a polarização evangélicos-gays seja uma manobra evidente da máfia mundialista para controlar o conflito, os católicos têm o dever de apoiar o deputado-pastor Feliciano, da Assembleia de Deus, em seu combate à ditadura gay.

Isso é importante para a pregação do Evangelho, pois caso contrário a massa ignorante pode pensar que tenha a aprovação da Igreja a posição pró-gay de supostos católicos com grande acesso á mídia, como o padre Juarez. O que seria o absurdo dos absurdos.

Fica, portanto, registrado o apoio deste blog ao deputado Feliciano. Cum grano salis, é claro: se é louvável a sua resistência à mafia gay, sua leitura racista do Antigo Testamento, onde busca encontrar fundamento para uma suposta maldição da raça negra, só merece o nosso desprezo. Tal ideia jamais foi endossada pela Igreja e não se encontra exposta em nenhum trecho das Escrituras, ao contrário do que dizem os neopentecostais (Renascer, IURD, Mundial etc.), ou pelo menos aqueles dentre eles que sabem falar.

Acima, entrevista do pastor contra o aborto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário