Pesquisar este blog

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Abaixo assinado contra a participação de cardeal criminoso no Conclave que elegerá o sucessor de Bento XVI


Uma associação de católicos americanos, Catholics United,  lançou um abaixo-assinado on-line em que solicita ao Cardeal Mahony, ex-arcebispo de Los Angeles, que desista de participar do conclave que deve eleger o sucessor de Bento XVI na Cátedra de Pedro.

O cardeal Mahony, juntamente com sua alma gêmea, o defunto cardeal Bernardin, de Chicago, chefiava uma gangue de prelados dedicados a avacalhar a fé católica e a promover todo tipo de confusão doutrinal e moral entre os fiéis norte-americanos. A fina flor da Grande Avacalhação pós-conciliar, sempre alerta na divulgação desse catolicismo moderninho, divertido e burro, incapaz, é claro, de levar quem quer que seja a seguir a Cristo no caminho do Gólgota, meta de todo cristão.

Essa organização de estilo mafioso, sobre a qual pesam gravíssimas suspeitas de ligação com o satanismo, foi denunciada pelo grande Malachi Martin em seu roman à clef , The Windswept House, cuja leitura recomendamos.

Recentemente, ficou provado que Mahony participou de modo ativo no acobertamento de casos cabeludos de pedofilia em sua arquidiocese, o que valeu aos fiéis daquela cidade o pagamento de quase 1 bilhão de dólares em indenizações, sem falar nos prejuízos irreparáveis à pregação do Evangelho, o que não tem preço.

O seu sucessor na chefia da arquidiocese, Dom José Gomez, o destituiu de todas as funções eclesiásticas.

É uma vergonha que pessoa com essa ficha criminal possa participar da eleição de Pedro.

Aqueles que, em defesa da Santa Igreja, quiserem apor sua assinatura à petição, podem clicar aqui.

PS: Como era de esperar, o cardeal Mahony não deu a mínima pelota ao abaixo-assinado  e compareceu alegremente à despedida de Bento XVI ante os cardeais. Como sabemos, a autocrítica não é o forte dos Grandes Avacalhadores pós-conciliares. Basta ver o tratamento que reservaram ao sacramento da penitência.

2 comentários:

  1. Que tempos gloriosos estamos vivendo. Que dias felizes aguardam esta Santa Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo. Estamos nos manifestando, participando, expelindo o que não presta, antecipando a colheita. Estamos reagindo, querido amigo. Assinou? Eu vou assinar agora.

    ResponderExcluir
  2. Certamente também tempos difíceis, Nik. Rezemos para que o sucessor de Pedro tenha forças para prosseguir no bom combate.

    ResponderExcluir