Pesquisar este blog

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Terrorismo gay: ativista entra atirando em sede de organização cristã



Um militante gay, Floyd Corkins, de 29 anos, invadiu há cerca de uma semana a sede da instituição conservadora cristã FRC, em Washington, e aos gritos de "Eu não gosto da política de vocês" atirou no guarda de plantão, ferindo-o no braço. O guarda, porém, conseguiu mesmo assim imobilizá-lo, num ato heroico que certamente salvou a vida de muita gente. O terrorista tinha no bolso o endereço de outra sociedade de defesa dos valores cristãos, a que provavelmente deveria fazer outra de suas delicadas visitas.

Escusado é dizer que notícias sobre esse tipo de terrorismo jamais chegam aos noticiários e à grande imprensa no Brasil.

O rapaz acabou preso (ué, por quê?) e, por incrível que pareça, ainda não recebeu nenhuma medalha do presidente Barack Obama, que provavelmente espera o fim das eleições para condecorá-lo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário