Pesquisar este blog

sábado, 25 de agosto de 2012

Padre é agredido impunemente na TV francesa



Para aqueles que ainda não perderam toda esperança na produção cultural europeia contemporânea, sugiro que vejam o vídeo acima (em francês).

Trata-se de um programa de TV onde se debate uma publicação blasfematória em que Nosso Senhor Jesus Cristo aparece crucificado como uma mulher. Entre os debatedores, um padre de batina.

O que se vê é um ataque furioso e completamente desvairado contra a Igreja e em especial contra os padres, de uma grosseria quase inimaginável, da parte dum pretenso "artista", um imboçal fanatizado que atende pelo nome de Jean-Pierre Mocky.

Em qualquer país decente, ou, mesmo na França,  se o agredido não fosse padre, a transmissão seria interrompida e o agressor seria preso. Mas o que vemos é que ele, sob o olhar complacente do "moderador", prossegue em suas blasfêmias e insultos num crescendo, muito consciente que caluniar um sacerdote católico jamais vai lhe custar nenhum tipo de dor de cabeça, só homenagens à sua "criatividade".

É isso a França. O satanismo no poder. Triste itinerário de filha mais velha da Igreja a benjamim do Diabo.

Rezemos para que seja exorcizada.


Nenhum comentário:

Postar um comentário