Pesquisar este blog

quarta-feira, 7 de março de 2012

Deus oculto e vontade de potência dissimulada

Duino

Estranho que a vontade de potência nietzschiana, essa força afirmativa e soberana que subjaz a todo o real, se manifeste como dissimulação, ocultamento.

É difícil imaginar porque tal soberania escolheria o disfarce.

A menos que, como o Mal, seja apenas o mico de Deus.

Pois Deus também se oculta, mas por amor, para não nos destruir com Sua presença maior, como notou Rilke em Duino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário