Pesquisar este blog

domingo, 26 de fevereiro de 2012

Sexologia e satanismo: Alfred Kinsey e Aleister Crowley


Uma imagem vale mais do que mil palavras.

Acima, o infame Alfred Kinsey, pai da sexologia, encontra-se com Kenneth Anger, chefe da igreja de Satã nos EUA, ambos em peregrinação à "abadia" de Telema, na Sicília, onde viveu Aleister Crowley, grão-mestre do satanismo, praticante da pedofilia e apologista do sacrifício ritual de crianças. Kinsey e Anger eram fervorosos seguidores do bruxo inglês, cujo retrato se pode ver sobre a parede, ao fundo..

Eis o espírito "científico" que está por trás da sexologia.

Apesar de inúmeras vezes desmascarada como pseudo-ciência, a sexologia continua rendendo dividendos aos seus seguidores. É o caso de Marta Suplicy, discípula de Kinsey, que valendo-se do prestígio "científico" do mestre, já conquistou altos cargos políticos em São Paulo e no Brasil.

Aos que leem inglês, recomendamos mais uma vez enfaticamente a visita ao site da Dra. Judith Reisman, pesquisadora americana e autora de diversos livros  de leitura absolutamente obrigatória, que desmascaram a fraude que está por trás das origens da sexologia. Neles é revelado o caráter criminoso da "pesquisa" de Kinsey, envolvendo a exploração de crianças em atos sexuais pedofílicos, a chantagem sobre a vida sexual dos que se opunham ao projeto, através dos dados colhidos nas enquetes, e a manipulação grosseira dos resultados para favorecer conclusões distorcidas.  Infelizmente, ao que parece, já não temos no Brasil nenhuma editora católica em atividade. Se houvesse, certamente a tradução dos livros da Dra. Reisman sobre Kinsey seria uma ótima pedida.

Enquanto isso não acontece, estamos preparando a tradução de uma carta da Dra. Reisman a João Paulo II, denunciando a convivência e a conivência entre setores do clero americano e a sexologia, pacto sinistro que esteve por trás do tsunami de escândalos que varreu a Igreja da América do Norte.

Para os que leem inglês, aqui vai o link para o pdf do livro de denúncia escrito pela Dra. Reisman. Enjoy.

Nenhum comentário:

Postar um comentário