Pesquisar este blog

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Liberalismo, idolatria


O mercado é o sujeito de uma classificação quantitativa dos bens e serviços da coletividade. A adoração a ele, o liberalismo, pretende transformá-lo num princípio cósmico. Que o carpinteiro da Galileia, dois mil anos atrás, tenha em duas palavras posto essa aberração metafísica em seu devido lugar é mais um sinal da Sua infinita sabedoria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário