Pesquisar este blog

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Vídeo instrutivo ensina como os padres não devem ser



Muita coisa na Igreja de hoje vem sendo mal-interpretada, mas, quando vista sob o ângulo correto, serve para edificação e instrução do cristão.

É o caso da música litúrgica de gafieira dos padres Huguinho, Fabinho e Zezinho, cuja audição pode servir de excelente instrumento de penitência e mortificação espiritual.

É também o caso da entrevista acima. Nela, o espectador pode ver in a nutshell tudo o que um bom padre NÃO deve ser nem fazer nem dizer. Esse vídeo, cheio de frescor, deveria ser matéria obrigatória nos seminários, como uma espécie de súmula dos erros a evitar na formação sacerdotal e das aberrações  provocadas pelo famoso "espírito" pós-conciliar, também chamado de Grande Avacalhação pós-conciliar.

Poder-se-ia argumentar que o vídeo é caricatural demais, que as aberrações nele mostradas são exageradas demais. Tal objeção, porém, não se sustenta. Trata-se evidentemente de um recurso pedagógico, para deixar bem claro o total absurdo da situação e a absoluta necessidade de se procurar evitar por todos os meios a formação de sacerdotes caricatos como o mostrado no vídeo.

A evitar com especial atenção o modo subserviente como o padre rasteja ante o porta-voz da anti-Igreja, sempre pronto a expor ao ridículo verdades de Fé cuja revelação custou a morte na Cruz do Filho de Deus.

Vídeo de grande valor heurístico. Recomendamos com ênfase.

2 comentários:

  1. Sinceramente- não aguentei nem até metade do vídeo.
    Não duvido que o padre estava bêbado; o catastrófico é que ele acompanha sempre o cardeal d.Odilo Pedro Scherer.
    Parabéns pelo blog!!

    ResponderExcluir
  2. Obrigado, Tula. Depois começam a surgir escândalos e ninguém parece saber por quê...

    ResponderExcluir