Pesquisar este blog

domingo, 7 de agosto de 2011

Há anjos também na cozinha


Reduz São Bernardo a três pontos os nossos deveres para com os anjos: respeito, confiança e reconhecimento.
Eis aqui o que diz o grande pe. Baudrand sobre o primeiro deles:

Consideremos primeiro esse número inúmero de Anjos, em meio aos quais vivemos sem dar por isso; ergamos os olhos da alma e concebamos tudo o que é santificado pela presença desses espíritos celestes, as cidades, as províncias, os impérios, o mundo inteiro. Eles estão conosco nas cidades; habitam conosco em nossas casas; rezam conosco em nossas Igrejas; estão nas praças públicas, nos caminhos, nos campos; tudo isso só é visto pelos olhos da fé e nos causa pouca impressão. A presença, porém, de tantas inteligências celestes, de natureza tão sublime e de tão alta glória, que respeito, que veneração, que temor salutar não nos deve inspirar?

(Pe. Baudrand, L'ame sanctifié par la perfection de toutes les actions de la vie, Lyon, 1775, p. 91-2).

Nenhum comentário:

Postar um comentário