Pesquisar este blog

segunda-feira, 25 de julho de 2011

O assassino de Oslo é maçom


Como sói acontecer imediatamente após alguma catástrofe planetária, a grande imprensa logo sai publicando que os culpados são algum "grupo radical" islâmico. Foi assim até no caso do psicopata que invadiu uma escolinha no Rio tempos atrás. O mesmo se repetiu agora no caso do massacre na Noruega. Houve até uma confirmação amplamente divulgada pelos jormais e pelas TVs de que o tal "grupo radical" (esta é a expressão favorita) já teria reivindicado a autoria do morticínio.

Mas desta vez o tiro saiu realmente pela culatra, pois o verdadeiro assassino de Oslo é... maçom!

O debiloide sanguinário quis justamente mandar uma mensagem clara aos muçulmanos que, segundo ele, estariam invadido a Noruega.

Os lúgubres personagens que dirigem por trás do pano essa corruptíssima organização tanto manipularam a cabeça do pobre imbecil que o transformaram numa máquina de matar.

Escusado é dizer que nem uma sílaba sobre essa triste filiação foi pronunciada em nenhum telejornal da nossa viuvíssima TV.

Um bom retrato dos nossa tristes, ridículos e sanguinários tempos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário