Pesquisar este blog

domingo, 17 de julho de 2011

Ave Maria - Jorge de Lima


Varou a tarde
a frase antiga:
Ave Maria
como uma ave
cheia de graça:
e pela tarde
revoou, revoou.
Era uma frase
límpida no ar:
Ave Maria
como uma ave,
como uma graça
cheia da tarde
em que esvoaçou
a frase antiga,
como uma ave
revoou, revoou
tão leve e pura
tão cândida ave,
límpida no ar,
que pela tarde
revoou, revoou

Nenhum comentário:

Postar um comentário