Pesquisar este blog

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Máximas e aforismos de São Francisco de Sales


Algumas das maravilhosas Máximas ou sentenças de São Francisco de Sales, mal traduzidas por Yours Truly

Felizes os que nada têm de amáveis, porque podem ter certeza de que o amor que recebem é excelente, pois vem todo de Deus.

Convém amarmo-nos aqui em baixo na terra como nos amaremos no Céu.

Quem mais mortifica as inclinações naturais, mais atrai as inspirações sobrenaturais.

Convém viver neste mundo como se tivéssemos o espírito no Céu e o corpo no túmulo.

A maior marca que podemos ter neste mundo de estarmos na graça de Deus não é o sentimento que temos do Seu amor, mas a decisão absoluta de jamais consentir nenhum pecado, grande ou pequeno.

Temos de reconhecer o nosso nada, mas não ficar nisso: pois nunca devemos aniquilar-nos, senão para nos unirmos a Deus que é o nosso tudo.

Aquele que faz o bem que sabe merece que Deus o ajude a conhecer o que ignora. Somos gigantes no pecar e anões no bem fazer. Somos parecidos com o ar, sempre escuro na ausência do sol.

Não é humildade reconhecer-se miserável; para tanto, basta a inteligência; mas é humildade querer e desejar ser tido e tratado como tal.

(Extraído de Saint François de Sales, la Vraie et solide piété, Perisse Frères, 1861, pp 567 a 577)

Nenhum comentário:

Postar um comentário