Pesquisar este blog

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

João Cassiano e a oração solitária


Tal deve ser a meta do solitário: merecer já nesta vida uma imagem da futura beatitude e como um antegosto da vida e da glória do céu.

Tal é o termo de toda a perfeição.

Livre-se a alma do peso da carne, suba a cada dia às sublimes realidades espirituais, até que toda a vida, todo o movimento do coração se tornem uma só prece, única e ininterrupta.

(São João Cassiano)

Nenhum comentário:

Postar um comentário