Pesquisar este blog

sábado, 9 de outubro de 2010

A Cruz é o lugar natural do cristão


O esplendor do oceano de santidade que cobriu a Europa e depois o planeta inteiro durante mais de um milênio pode talvez ofuscar-nos para uma uma verdade central de nossa fé: o lugar natural do cristão é a Cruz; seu lugar sobrenatural é o Céu.

Em seu itinerário desde a entrada em Jerusalém até o Calvário, vemos que Cristo percorre um caminho de abandono: da aclamação popular do domingo de ramos até a morte solitária na Cruz. Ou seja, há uma marginalização crescente do Cristo tanto pela população de Jerusalém, quanto por seus próprios seguidores e discípulos. É o que ficará para sempre marcado em seu Corpo Místico e se exprime pela verdade de fé de que a Igreja está no mundo, mas não é deste mundo. A Igreja será sempre marginal neste mundo. E tal marginalização caminha para o mesmo fim que o corpo encarnado do Verbo Divino: pela criminalização, pelo abandono e pela cruz.

Kyrie eleison, Christe eleison, Kyrie eleison.

Nenhum comentário:

Postar um comentário