Pesquisar este blog

sábado, 18 de setembro de 2010

Algumas razões pelas quais João Paulo II não deve ser canonizado

Abaixo, algumas das razões pelas quais o papa João Paulo II não deve ser canonizado.
Em primeiro lugar, o Papa deve ser guardião da Fé, e trabalhar para que a mensagem do Evangelho chegue a todos. Ao beijar o Corão, livro que nega explicitamente a divindade de Jesus Cristo; ao participar de ritual no Muro das Lamentações,  o que tenta renovar práticas cultuais farisaicas caducas desde a morte de Cristo; ao dar autorização para a colocação de um ídolo de Buda no altar principal da igreja de São Pedro, em Assis, para ser cultuado, João Paulo II ajudou a causar confusão na mente dos fiéis, principalmente dos mais humildes, sugerindo uma falsa equivalência entre as diversas religiões.

Confusão quanto à fé:
Estátua de Buda colocada sobre o altar principal
da igreja de São Pedro, em Assis,
com autorização de João Paulo II

Confusão quanto à fé:
João Paulo II beija o Corão

Confusão quanto à fé:
Participa de ritual farisaico no Templo,
culto a que Jesus Cristo pôs um ponto final.

***

Em segundo lugar, pela falta de pulso demonstrada no combate à imoralidade dentro do clero, com o apoio, por exemplo, ao pervertido sexual pe. Marcial Maciel e a pouca ênfase dada ao combate aos escândalos sexuais que começavam a vir à tona.

Laxismo moral:
Dá carta branca ao pervertido pe. Marcial Maciel

***

Perseguição aos defensores da doutrina tradicional, manutenção da proibição da missa tridentina e excomunhão do bispo Lefebvre, para escândalos de muitos e grave ameaça de cisma na Igreja.

A política de marginalização do catolicismo tradicional
que culminou na excomunhão do bispo Lefebvre,
abrindo chaga profunda no corpo místico de Cristo



Nenhum comentário:

Postar um comentário