Pesquisar este blog

sábado, 7 de agosto de 2010

O rockinho profano e vagabundo do primaz dos beneditinos

Dom Notker é o primeiro do trenzinho

Leio no blog Igreja Una um artigo sobre o estarrecedor primaz dos beneditinos, Dom Notker Wolf. A ordem de São Bento, baluarte santo da Igreja, sempre me foi muito cara, e justamente por isso não posso imaginar nada mais deprimente do que saber que o ocupante do mais alto cargo na hierarquia beneditina não passa de um boçal que está jogando no lixo todo o tesouro de espiritualidade acumulado em muitos séculos de oração, de silêncio e de labor.

Convido quem ache excessivas estas palavras a visitar a página web do conjunto de rock Feedback, de que Dom Notker é guitarrista, onde o leitor poderá ouvir amostras do mais pífio e vil rockinho que se possa imaginar. São coisas totalmente profanas, com nomes como Rock'n Roll Party, I Love Rock'n Roll  e, cereja do bolo, Magic.

Quer dizer, Dom Notker Wolf passou pela vida beneditina e chegou a primaz sem ter nenhuma ideia da milagrosa união entre fé, espiritualidade e beleza manifestada no canto e na liturgia da Ordem de São Bento, durante séculos e séculos.

Não consigo imaginar exemplo mais claro da abismal decadência espiritual que assola setores enormes da Igreja.

Dom Notker foi nomeado primaz por João Paulo II, em 2000. Mais um ato desastroso daquele que vem revelando-se cada vez mais claramente como o pior papa de todos os tempos e um dos grandes responsáveis pelo lamaçal moral que faz as delícias dos inimigos da Igreja.

Kirie eleison. Christe eleison. Kyrie eleison.

2 comentários:

  1. Quem é você para julgar papas e abades? Caia em si e recorra ao sacramento da penitência.

    ResponderExcluir
  2. Essa é muito boa. Quem é você pergunto eu, que vem sob anonimato dar palpites infelizes sobre a minha relação com a graça santificante. Leitura adicional para a sua orientação: Lucas 6, 42.

    ResponderExcluir