Pesquisar este blog

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Jovem mãe chinesa sequestrada e esterilizada pelo governo para cumprir lei de um só filho

O governo de Pequim vem estimulando o homossexualismo
como forma de controle da natalidade

De Asia News.

Uma jovem mãe de 23 anos, que havia dado à luz recentemente, foi sequestrada pelo serviço de controle populacional do infame governo comunista chinês, levada a um hospital e forçada a sofrer uma cirurgia de esterilização. Depois da operação, ela começou a passar mal e ainda se encontra internada.

Para garantir a aplicação da lei que limita a um só filho a progênie dos casais, cada cidade da China tem uma quota de nascimentos permitidos. Para alcançar esta quota, tudo é válido, desde abortos de até 9 meses a assassinatos puros e simples.

O tresloucado governo chinês vem até mesmo recorrendo ao estímulo ao homossexualismo para tentar reduzir as gestações. O que é curioso, pois se a China vem hoje despontando como grande potência econômica mundial, isto se deve quase que exclusivamente ao seu capital populacional.

Bad weather ahead! Com os chineses cada vez mais ricos e influentes, o futuro moral da humanidade mostra-se tão sombrio, que em breve poderemos chegar ao extremo absurdo de sentirmos saudades dos bons tempos de Obama e Bushinho.

Nero, aquele bom rapaz. Que saudades!

Kyrie eleison, Christe eleison, Kyrie eleison.

Nenhum comentário:

Postar um comentário