Pesquisar este blog

terça-feira, 27 de julho de 2010

Oh my God! Richard Dawkins admite a possibilidade de que a vida tenha sido projetada por um ser inteligente!



Much ado about nothing. Depois de muito espernear, xingar e ridicularizar  o Intelligent Design, o zoólogo  Richard Dawkins, garoto propaganda do darwinismo e do ateísmo de massa, admite nesta entrevista a Ben Stein que é bem possível que a vida tenha sido concebida por uma inteligência superior, dada a complexidade encontrada no plano bioquímico da célula viva. William Dembski, Michael Behe e companhia estão de parabéns pelo CQD.

Não vejo, porém, motivos para comemorar. O fato é que Richard Dawkins é um pensador de sexta categoria. Só mesmo uma rede de propaganda multimilionária permite que um boçal obscuro como ele tenha as opiniões difundidas pela mídia do mundo inteiro.

Sua inteligência limitada e sua cultura nula, porém, só lhe permitem vislumbrar alguma coisa do comportamento de lesmas, moluscos, bactérias e crocodilos. Já no nível dos mamíferos superiores, percebe-se nitidamente que o ar começa a lhe faltar. Quando se trata do homo sapiens, nota-se que máscaras de oxigênio são necessárias para evitar as convulsões e os delírios. Quando chegamos a Deus, o sumo vivente, a morte cerebral é visível.

 Não vá o sapateiro além da bota, dizia minha avó. Não vá o zoólogo além do protozoário!

Nenhum comentário:

Postar um comentário